Arquivo do blog

terça-feira, 26 de agosto de 2008

SOLIDÃO

Hoje amanheci bem,meus pontos já não doem quase e sinto leve dor na região da barriga,nada comparado a dor do meu coração,tem horas que me sinto bem ,chego a esquecer o problema que estou vivendo,mas sei que isso é ilusão pois tamanha é a minha dor.
Não sei o que devo fazer,e nem sei se no momento eu quero saber, estou um tanto frágil,mas sei que isso uma hora vai passar.

Tento imaginar o porque disso tudo, e as vezes me bate uma revolta.
Porque meu Deus estou passando por tamanha provação?
Como pode uma mulheres terem bebe e jogarem,matarem ou doarem seu bebes? Que ser humano consegue fazer isso com uma bênção divina dessas?
O porque dessas pessoas horríveis terem o direito a maternidade se são cruéis e desumanas?
E porque meu Deus eu e tantas outras meninas não conseguem realizarem o sonho de ter seus filhos?
Filhos esses que mesmo sem existir são amados e desejados.Onde encontro as respostas que ferem minha alma?
Eu seria hipocrita se eu dissesse hoje que estou com fé e esperança.
Acho que estou muito ferida no momento para isso.
Sei que estou errada e que Deus provavelmente vai me castigar por tal insanidade.
Não quero desistir do meu sonho,mas antes de retomar minha luta preciso me reencontrar.
Sexta-feira estou querendo ir para praia para andar pela agua e lavar minha alma,andar pela areia e me encher de energia.
Preciso sair um pouco pois tristemente alem de tudo que passamos eu e meu marido tenho uma pessoa da família do meu marido que ta me deixando louca,e antes que eu surte com ela preciso me acalmar.

Quinta=feira vou tirar meus pontos e se Deus quiser o medico vai dizer que esta tudo bem,não aguento mais receber noticias ruins.
Sei que estou decepcionando muita de vcs que aqui estão lendo,pois sempre fui forte e hoje estou esse caco do que fui.
Quero agradecer por tantas palavras de carinho que venho recebendo de vocês.
Um obrigado especial a minha familia,amigos e claro meu marido que amo muito.
Bjs

3 comentários:

Raggedy Ann disse...

Obrigada pelo seu comentário no Blog da ApFertilidade. Vamos pôr a nossa nuvem a flutuar pelo ciberespaço.

Beijinhos,
Anna Pires
www.apfertilidade.org

Dani rosa disse...

Querida, pense que Deus não castiga ninguém, ele é nosso pai, e que pai o filho pedindo um peixe lhe dá uma pedra?, ele nos ama apesar de todos os nossos erros, ele nos ama e sempre nos amará, tem muitas coisas que não entendemos, mas não quer dizer que estão erradas, somente não a compreendemos ainda, e todos os nossos sofrimentos vêm de nos mesmos, eu sei que é difícil ouvir isso, mas pense que a dor é inevitável o sofrimento não!chore a sua dor, mas não se entregue ao sofrimento,pense naqueles que passam anos em leitos de hospitais, sem a chance sequer de se casarem, ou sonharem com filhos, ou pisarem os pés na areia e sentirem a brisa do mar, somos privilegiados, e se algo nos falta como no nosso caso um filho, eu acredito que vai chegar a hora em que seremos completas, mas vamos viver o hoje, o futuro a Deus pertence, e vc não está sozinha, desde o seu nascimento há um anjo com vc, por todos osn dias da sua vida ele te acaompanha, neste momento entre em oração, peça forças pra suportar as provas, forças pra ultrapassar a montanha , peça isso ao invés de pedir pra Deus retirar a montanha, porque depois que vc chegar ao topo, vai ser uma pessoa muito melhor e mais forte! Oro por vc e descanse, se refaça e volte mais forte! fique bem...Bjos

Dalila disse...

Querida amiga, Deus não vai te castigar. Ele sabe o quanto vc está sofrendo e de forma alguma vai te castigar por estar se sentindo triste, sem fé ou esperança. Não acredito que Ele nos obriga a enfrentar todas as provações com alegria e esperança, pois isso vai exatamente contra a natureza de sentir dor. E todos sentimos dor em nossas vidas, por vários motivos, e todos sem exceção questionamos as injustiças, as coisas sem sentido que acontecem nesse mundo. Se não questionássemos, seríamos frios e indiferentes. E vc tem uma alma que tem sentimentos, que tem questionamentos, que tem anseios.
Eu cheguei a conclusão que a natureza é sábia, mas não conhece a alma humana, portanto muitas pessoas boas sofrem e muitas ruins recebem os prêmios que a vida lhes reserva. Pois as dádivas não são dadas conforme nosso caráter. Não sou uma pessoa de fé, Deus pode me castigar por isso, mas não posso fingir achar que todas as coisas são belas e que Deus está sempre presenteando os bons e fazendo os maus sofrerem, pois na prática isso não acontece.
Eu só acredito no seguinte: você tem que viver da melhor forma possível e tentar nessa vida aproveitar as pessoas que estão ao redor e que são o melhor que a vida te deu. Isso é tudo que temos nesse mundo: a família, os amigos, as pessoas queridas. Talvez os filhos venham, se vierem serão parte deste nosso círculo de amor. Talvez não venham, e aí temos que estar ainda mais próximos daqueles que estão conosco nessa nossa breve viagem.
Fique em paz, que Deus dê paz ao seu coração, pois nem sempre ele dá as respostas, mas paz Ele nos dá. Não se questione tanto, não por que Deus irá se zangar, mas por que para essas perguntas não existem respostas. Então, o melhor é seguir em frente. Sempre. A cada novo dia, a cada nova chance, a cada novo recomeço... pois isso é uma coisa que eu agradeço todos os dias: a chance de recomeçar.
Fique com seu coração em paz.
Mil beijos, Dalila