Arquivo do blog

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

deprimida

Oi meninas sei que ando bem ausente,mas estava colocando a cabeça em ordem ...
Mas para ser sincera não tem sido fácil,sinto que dou 3 passos para frente e 5 para traz.
Vou resumir os sentimentos ...
O sol teima em aparecer, acaba invadindo o quarto escuro,a cama quente tente a segurar o corpo frágil.
O que fazer alem de levantar antes mesmo de pensar em qualquer besteira,andando lentamente coloco as mãos na agua fria e límpida e a cabeça vazia,abro o guarda roupa e pego a primeira peça que vejo sem muito entusiasmo, em menos de 10 minutos já estou trabalhando e tentando ocupar a cabeça,mas logo o fantasma toma conta do meu ser e aquela angustia percorre minha alma.Noites mal dormidas ,sonhos assombrados .
O dia se arrasta e logo o cheirinho de feijão que todos se deliciam e eu corre longe,queria poder viver apenas de agua.
A Internet traz coisas lindas ,mas também dolorosas, essa semana visitei meu orkut e muitas das minhas amigas tentantes enfim realizaram o sonho,no entanto tantas outras como eu continua na ânsia e na angustia por algo que não sabemos se teremos .
Sei que eu havia prometido a mim mesmo que o ano de 2009 seria totalmente diferente,mas infelizmente não esta em minhas mãos .
O que vou dizer aqui chego a me envergonhar pois jamais em sã consiencia eu deveria pensar nisso (PERDI A FÉ)..Estou lutando para encontrar o Deus maior e deixar que ele encha minha alma de paz.
Preciso de força e de fé.
Desculpa se ainda não estou bem como ontem achei que estivesse,mas a vida tem dessas coisas um dia estamos bem e no outro não tão bem ...
Fico feliz pois sei que ganhei muitas amigas nessa tragetoria ...
Semana que vem tenho consulta com o Dr Sérgio e vou pedir a ele para retirar a minha outra trompa, acho que isso tem me amargurado um pouco, não sei ainda em que clínica irei , mas só em pensar em começar tudo novamente me deixa absolutamente apavorada...
Nunca fui fraca , muito pelo contrario mas esse assunto me deixa imensamente apavorada...
As vezes olho para meu marido e meu coração chega a sangrar.
Será que nunca terei o dom da maternidade, como posso destruir o sonho dele de ser pai ...que amor é esse o meu ...sempre quis um homem tão maravilhoso como ele sim Deus me deu,mas não posso ter a minha família sonhada e querida ...
Quero amanhecer melhor amanha pois hoje estou a beira de um surto.
A angustia esta dentro de mim,uma vontade de chorar e gritar e xingar...
Sei que tenho que ser forte ,mas ta difícil ...Hoje olhei o calendário do ano passado e vi que tinha anotado (+ o meu positivo),continuei virando os dias e o negativo eu não marquei ...
Chorei a manha inteira sozinha no meu canto, talvez eu precise de um tempo sozinha para me encontrar..
Amo muito meu marido e isso torna mais difícil ainda a minha luta, acabo me cobrando por algo que nem sei a resposta .
Essa semana roubaram me telefone celular, mas eu fiquei tão nervosa,e acabei percebendo que venho guardando muita magoa dentro de mim e que por qualquer motivo sinto fúria e raiva e dor , acho que estou com depressão defensiva se é que isso existe.
Quero um abraço forte, quero ouvir uma palavra doce ,mas não sei mais me expressar ..
Quero conversar sobre tudo o que tenho sentido ,mas as pessoas não são obrigadas a saber ouvir..saber entender...
Estou me sentido mal ...
Desculpa meninas sei que não tenho sido muito exemplo de força ,mas juro que estou tentando...
Por mim eu dormiria o dia e a noite ,não tenho mais paciência com coisas simples da vida ...
Em mais pleno segredo a depressão esta presente na minha vida sim...
Mas sei que vou superar e quero fazer isso sozinha ..
Não quero que meu marido sofra ainda mais comigo...
Semana que vem começo a retornar a maratona de médicos e coisas e tal , acho que estou desesperada,apavorada e não estou sabendo lidar com isso de maneira alguma...
O que fazer????
Socorro
Por favor me desculpem pelo desabafo

5 comentários:

Dani Rosa disse...

Querida lendo seu blog fiquei com vontade de te contar o que me aconteceu ontem, saiba que Deus é maravilho, e sabe que somos falhos e que as vezes o peso parece nos esmagar, mas numca nos abandona, eu estava assim como vc, acordava de manhã e não queria sair da cama, nada tinha graça pra mim, pensava que pessoa inutil eu sou, não sirvo pra nada, nem pra gerar um filho, pra ter uma familia, estava pensando em trair meu marido, em viver aventuras já que pra ser mãe eu não servia mesmo...pois já fazem 2 anos e nada. Mas a noite tudo mudou, eu sou voluntaria em uma casa espirita, e ontem a noite fui até a casa para o estudo do evangelho de jesus, e lá tem uma pessoa que é medium e ele consegue ver certas coisas..e ele me olhava e sorria, no final me disse que estava me vendo de uma forma diferente ,que eu tinha sido premiada em algo que eu queria muito! na hora eu pensei Deus obrigada por esse recado, soube na hora que o Sr. não se esqueceu de mim embora no mesmo dia eu estava pensando que Ele não se importava com o meu sofrimento...Aquelas palavras reacenderam a minha fé..e a fé numca deve nos deixar...as vezes algo pequenino nos mostra que nem tudo esta perdido, que Desus é conosco, fique bem querida e saiba que Deus é contigo!! bjãooo

Sandra disse...

Oi Tais!
Tenho visto seu blog e de outras "tentantes"... Eu tb tenho uma luta pela frente para ter um baby, já fiz uma FIV, fiquei grávida mas tive um aborto espontâneo. Fiquei muito triste, mas agora, estou esperando o momento certo, quando Deus me falar que é hora de correr atrás do meu sonho eu vou atrás de novo, agora essa luta esta nas mãos dEle. "Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para tudo" (diz a Bíblia), tente descansar em Deus, Ele sabe o que é melhor para nós.
Se quiser me conhecer, eu tenho um blog tbm http://esperandocomalegria.blogspot.com.br
Bjos

Miranda disse...

Amiga,

Espero que já esteje melhor.

um grande beijo

Miranda

Dalila disse...

Querida amiga,

Tive depressão por 5 anos e só agora, neste mês de janeiro/09 descobri que consegui vencer esta maldita doença... Mas sabe, uma das principais armadilhas dela é que ela não nos deixa QUERER se levantar. Sei por que passei 5 anos acordando em dias cinzas e me levantando como se deixasse para trás meu próprio caixão.
Mas sabe, de todas as coisas, não sei se recuperei a esperança, mas um dia me levantei e decidi que era hora de pegar o touro pelos chifres, derrubá-lo e chutar sua cara imbecil. Sei que é estranho, mas foi assim que voltei a ver esse mundo colorido de novo.
Não estou feliz, só não estou mais com depressão. Vc precisa se cuidar, isso é essencial, e acredite em mim, mesmo que vc não queira ou ache que não mereça ou ache que está bem, procure um médico e tome algo. Não conseguimos enfrentar esse mundo sozinhas, e o que vc está passando (nós estamos) não é algo simples como virar a página de um livro.

Essa era uma coisa que gostaria de te falar. A outra é a seguinte:

Você é uma pessoa maravilhosa, que seria uma mãe maravilhosa. Mas por algum motivo que não sabemos, tem uma dificuldade neste sentido. Você não é única, meu novo médico me falou em 40% de pessoas inférteis, isso mesmo: 40%. Então, essa é uma epidemia do futuro, do qual infelizmente já fazemos parte no presente.
Talvez vc tente de novo e então seja a vez em que vc receberá seu bebê nos braços. Talvez seja para vc ter filhos de coração, que até eu já estou considerando, após muita relutância... Sei que não é justo, com tantas mães que não querem seus filhos por aí, e que continuam se reproduzindo normalmente... mas sabe, outra coisa que aprendi é que a natureza é burra, e que os bebês nascem em lugares absolutamente miseráveis fadados a morrer de fome em menos de 6 meses. E eles nascem lá, mas não nascem em nossas casas que tem quartos prontos esperando por eles, e em que eles são aguardados e ansiados por anos a fio. Então menina, temos que parar de nos comparar com outras pessoas (eu também preciso aprender isso e se vc aprender, me ensine por favor) e sabe, temos que por hora voltar a nos sentirmos felizes ao lado de nossos entes queridos, de nosso marido e companheiro de jornada e seguirmos em frente...

Em 20 anos vamos ter vivido a vida que estávamos fadadas a viver. Se estávamos fadadas a nunca ter filhos, então era isso que tínhamos que enfrentar nesta existência, e será reconfortante saber que vencemos esse grande obstáculo e seguimos nossa vida com dignidade... pois no fim, o mais importante e crucial de tudo é: ISSO NÃO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS.
E como tal, não podemos mudar.

Sou péssima em matéria de fé, sou um caco em relação a esperança, mas espero do fundo do coração ter ajudado de alguma forma, pois vc é uma pessoa que estimo muito e um exemplo de coragem, força e dedicação. Essa é sua história e se vc não vier a ter seus filhos para contá-la, espalhe-a para todos os sobrinhos, vizinhos, amigos. O que eu sei é que eles terão perdido uma magnífica mãe para lhes embalar a vida...mas talvez tenha sido por que estavam fadados a enfrentar a fome do outro lado do mundo... quem pode saber??


mil beijos, fique bem e se puder, me ligue, ok?

Anônimo disse...

Oi!
Fiz 40 anos nesta semana. Há 10 anos tento engravidar. Induzi ovulação por 2 anos, fiz coito programado 7 vezes e 9 fertilizações. Passei por psicoterapia (2 anos), aculputura e tratamento espirita (por um ano).
Não sou mãe!